Escola de sobrevivência: nova série interativa NETFLIX

A Netflix está lançando mais uma série interativa em sua plataforma. No próximo dia 10 estréia “Escola de sobrevivência”. Nesta série,
Bear Grylls precisa sobreviver e completar missões complicadas nos lugares mais hostis do planeta.

Para assistir ao trailer, clique aqui.

Anúncios

Excel: por onde começar?

Entender o Excel pode não ser uma tarefa tão fácil, porém também não é “bicho de 7 cabeças”. Saiba por onde começar

Você é daqueles que já tentou entender o Excel várias vezes mas nunca sai do básico em planilhas? Seus problemas acabaram…

Entender o Excel pode não ser uma tarefa tão fácil, porém também não é “bicho de 7 cabeças”. Para a melhor compreensão e aprender de uma vez por todas, o melhor é começar do zero, seguindo um passo a passo.

Pensando nisto, fiz uma parceria com o Instituto Eidos e juntos estamos lançando um e-book (livro virtual) e uma série de vídeos intitulada Excel para Iniciantes.

O e-book é grátis e, ao se cadastrar, você receberá um link para download do E-book e ainda garantirá acesso a VÍDEOS EXCLUSIVOS com os primeiros passos com Excel.

Se você não lembra nada de Excel ou quer aprender do ZERO, esta é sua chance. Acesse o link, inscreva-se e aproveite este material GRATUITO.

Incluindo tecnologia no currículo de olho em competências da BNCC

Site lançado pelo CIEB traz referências para professores, escolas e redes desenvolverem habilidades digitais propostas na Base Nacional Comum Curricular

Para apoiar redes de ensino, escolas e professores que precisam incluir os temas de tecnologia e computação nos seus currículos, o CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira) lança a plataforma Currículo de Referência em Tecnologia e Computação, que traz diretrizes e orientações para desenvolver habilidades digitais propostas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Voltada para a educação infantil e o ensino fundamental, a plataforma pretende potencializar o uso de tecnologia e ampliar as reflexões sobre computação na educação básica.

Com uma série de orientações, a ferramenta mostra práticas que apoiam o desenvolvimento da 5ª Competência Geral da BNCC, que indica que os alunos precisam “compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismoe autoria na vida pessoal e coletiva”.

A plataforma organiza o currículo em três eixos: Cultura Digital, Pensamento Computacional e Tecnologia Digital. Cada um deles permite a navegação por tema de interesse e diferentes anos das etapas de ensino.

O material ainda apresenta indicações sobre níveis de maturidade das escolas e dos docentes em relação o uso de tecnologias conforme cada prática.

Para as redes de ensino, a plataforma também pode ser utilizada de diferentes formas. Elas podem trabalhar tecnologia e computação de forma transversal ou podem criar um componente curricular específico no seu currículo.

A ferramenta é gratuita e pode ser acessada em http://curriculo.cieb.net.br/.

Fonte: PorVir.org

Os 10 mais populares frameworks PHP (parte 1)

Que PHP é uma das linguagens web mais utilizadas no mundo todo, para quem é da área, não é segredo algum. Mas, existem “N” formas de se programar para a web e só com a linguagem PHP já são diversos os frameworks, elementos auxiliares na hora de desenvolver um sistema web.

Por que usar um framework PHP?

Um framework PHP fornece uma estrutura básica para simplificar o desenvolvimento de aplicativos da web. Nós os usamos porque eles aceleram o processo de desenvolvimento.

Acima de tudo, a capacidade de resposta de sites e aplicativos criados usando estruturas PHP ajuda as empresas a atender às suas necessidades de desempenho. Portanto, não há dúvida de que os frameworks PHP continuarão ganhando atenção e popularidade em 2019.

A seguir, segue uma lista com os top 10 frameworks em uso hoje no mundo inteiro:

1. Laravel

Laravel is a top PHP framework

Introduzido em 2011, o Laravel tornou-se o mais popular framework PHP livre e de código aberto do mundo. Por quê? Porque ele pode manipular aplicativos da Web complexos com segurança, em um ritmo consideravelmente mais rápido do que outros frameworks. O Laravel simplifica o processo de desenvolvimento, facilitando tarefas comuns, como roteamento, sessões, armazenamento em cache e autenticação.

2. CodeIgniter

CodeIgniter is a top PHP framework

Conhecido por seu pequeno tamanho (é apenas cerca de 2 MB, incluindo a documentação) O CodeIgniter é um framework PHP adequado para o desenvolvimento de websites dinâmicos. Ele oferece vários módulos pré-construídos que ajudam na construção de componentes robustos e reutilizáveis.

3. Symfony

Symfony is a top PHP framework

A estrutura do Symfony foi lançada em 2005 e, embora tenha existido por muito mais tempo do que outras estruturas nessa lista, é uma plataforma confiável e madura. Symfony é uma extensa estrutura PHP MVC e a única estrutura conhecida para seguir padrões PHP e web.

4. CakePHP

CakePHP is a top PHP framework

Se você procura um kit de ferramentas simples e elegante, não procure mais. O CakePHP irá ajudá-lo a desenvolver sites visualmente impressionantes e repletos de recursos. Além disso, o CakePHP é um dos frameworks mais fáceis de aprender, especialmente por causa de sua estrutura CRUD (criar, ler, atualizar e excluir). CakePHP chegou ao mercado no início dos anos 2000, e desde então ganhou melhor desempenho e muitos novos componentes.

5. Yii

Yii is a top PHP framework

A estrutura do Yii – que significa sim, é! – é, de fato, simples e evolutivo. É uma estrutura PHP de alto desempenho e baseada em componentes para o desenvolvimento de aplicativos da Web modernos. O Yii é adequado para todos os tipos de aplicativos da web. Por esse motivo, é uma estrutura de programação universal da web.

Este TOP 10 Continua…

PayPal e Dragoneer investirão milhões no MercadoLivre

Paypal investirá US $ 750 milhões já a Dragonner aproximadamente
US $ 100 milhões.

Resultado de imagem para mercado livre

O MercadoLibre, marketplace e serviços financeiros com sede na Argentina e com 18 países em toda a região, anunciou que o PayPal está investindo US $ 750 milhões e a VC Dragoneer outros US $ 100 milhões, como parte de uma oferta de US $ 1,8 bilhão para expandir seus negócios – especificamente expandir a funcionalidade de sua plataforma de comércio eletrônico; melhorar sua infraestrutura logística; e investir em tecnologias financeiras “que solidificam ainda mais a posição da empresa como uma provedora poderosa de soluções de tecnologia financeira e pagamentos de ponta a ponta.”

O MercadoLibre é negociado na Nasdaq e atualmente tem um valor de mercado de US $ 21,75 bilhões. O investimento é tanto financeiro quanto estratégico para o MercadoLivre e o PayPal. Depois de ter ficado fora do eBay há vários anos, o PayPal tem sido uma missão para diversificar sua base de clientes para incluir uma maior variedade de casos de uso, e parcerias para os pagamentos de energia para diferentes mercados.

Em termos do outro grande investidor sendo anunciado nesta rodada, a Dragoneer é um investidor lendário e muito experiente quando se trata de oportunidades interessantes no e-commerce. A empresa possui participações em outros mercados regionais gigantes de comércio eletrônico, como o Alibaba e o Flipkart; líderes disruptivos da ‘gig economy’ como Airbnb, Uber, DoorDash e Instacart, bem como uma infinidade de outros grandes nomes de startups como Slack e Snap. Parece que o MercadoLibre é atualmente a principal aposta não só para competir com os gostos da Amazon, mas com uma gama de pequenos players locais que também buscam explorar essa economia em rápida expansão – em outras palavras, a mesma oportunidade que a SoftBank está perseguindo. a outra extremidade do campo.

Fonte: TechCrunch

E-book Gratuito de Excel para iniciantes

E-book gratuito Excel para Iniciantes é um pontapé inicial para trabalhar com planilhas

Olá!

Em parceria entre o Instituto Eidos e do professor Daniel Brandão (este que vos escreve) está sendo lançado e-book Excel para Iniciantes. Este livro faz parte do Projeto Excel com o Instituto Eidos, que tem como objetivo difundir conhecimentos e técnicas a respeito do Microsoft Excel, aplicativo do pacote Microsoft Office.

Clique aqui e baixe GRATUITAMENTE O E-BOOK.

O INCRÍVEL CRESCIMENTO DA LINGUAGEM PYTHON

Recentemente, o Stack Overflow (site de perguntas e respostas sobre programação, que se transformou em ponto de encontro dos programadores em todo mundo) realizou um estudo sobre como os países ricos (aqueles definidos como alta renda pelo Banco Mundial) tendem a visitar um conjunto diferente de tecnologias em relação ao resto do mundo. Entre as maiores diferenças está a linguagem de programação Python.

A conclusão do estudo, foi o extraordinário crescimento da linguagem de programação Python nos últimos cinco anos, conforme visto pelo tráfego no Stack Overflow em países de alta renda. O termo “crescimento mais rápido” pode ser difícil de definir com precisão, mas a linguagem Python tem uma sólida pretensão de ser uma das maiores linguagens de programação do mundo e com “crescimento mais rápido”. Parece que o objetivo vai sendo alcançado.

Crescimento da Linguagem Python em Países de Alta Renda

Acompanhando o Stack Overflow Trends fica fácil perceber que a linguagem Python vem crescendo rapidamente nos últimos anos. Mas vamos nos concentrar em países de alta renda e considerar as visitas às questões, e não as questões respondidas (isto tende a dar resultados semelhantes, mas tem menos ruído mês a mês, especialmente para tags menores).

O Incrível Crescimento da Linguagem Python
Fonte: Stack Overflow

O estudo começa considerando de dados de visualizações a questões sobre Python no final de 2011 e, no período de 2011 a 2017, podemos considerar o crescimento da linguagem Python em relação a outras cinco principais linguagens de programação. (Observe que esta é, portanto, uma escala de tempo menor do que a ferramenta Stack Overflow Trends, que se remonta a 2008). Este gráfico acima contém seis das dez tags mais visitadas no Stack Overflow em países de alta renda; as quatro não incluídas são CSS, HTML, Android e JQuery.

Leia a matéria sobre este estudo na íntegra no site da Data Science Academy