Apostila Multimídia Aplicada a Educação

Olá pessoal, tudo certo?

Estou aqui postando a apostila sobre Multimídia Aplicada a Educação, material que estados estudando no curso de Pedagogia da AVEC.

Para baixar, entre no link a seguir e faça um Login com seu email e senha do FACEBOOK.

 

Clique aqui e baixe a apostila

Anúncios

Apostila – Sistemas Operacionais de redes

Olá meu povo!

Voltei aqui, postando uma breve apostila sobre Sistemas Operacionais de redes. Para quem quer saber mais sobre o assunto, e para meus alunos, tanto do SENAI como da AVEC, deixo este material de apoio sobre o assunto.

Esta apostila trata de temas triviais, de forma resumida, como drivers, generalidades, serviços, protocolos e processos sobre os principais sistemas operacionais de rede: Linux e Windows.

OBS: lembro que, para baixar a apostila, você deverá ‘logar’ no site do Slideshare. Você pode fazer um cadastro simples, ou se conectar usando login do Facebook e/ou do LinkedIN, ok?

http://www.slideshare.net/DanielBrando3/sistemas-operacionais-em-redes

 

Até a próxima!!

Apostila – Sistemas Operacionais

Olá Pessoal!

Estou postando aqui uma apostila a respeito dos Sistemas Operacionais. Ela é indicada tanto para universitários como para entusiastas e autodidatas na TI. O material contém 204 páginas, mas utilizarei mais precisamente o conteúdo dos capítulos 2, 3 e 4 nas disciplinas de Sistemas Operacionais II.

Espero que apreciem e aproveitem para reproduzi-la na ajuda em seus aprendizados. Bom estudo a todos!

Link para download: http://www.slideshare.net/DanielBrando3/sistemas-operacionais-peter-jandl-jr

Experiência nova: Nível Superior

android-futuroOlá pessoal!


Estou vivendo uma experiência nova e quero aqui compartilha-la: ‘virei’ professor universitário. Desde o dia 05 de agosto (2013) estou lecionando no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da faculdade AVEC, aqui em Vilhena-RO.

Apesar de já ter uma experiência em sala de aula, adquirida em trabalhos voluntários, e profissionalmente através de cursos técnicos na escola Microlins e atualmente no SENAI, a experiência nova é bem diferente.

Um público mais adulto, turmas com um foco maior na capacitação para um futuro em outro nível. Os conhecimentos partilhados são outros, não pelo conteúdo e ementa das disciplinas em si, mas também pelo grau de aprofundamento nas matérias dadas.

Comecei bem, estou a frente das disciplinas de Banco de dados II, Desenvolvimento de Sistemas Web, além de Sistemas Operacionais II e uma iniciação à informática para futuros pedagogos.

Até agora, nada além de meus domínios em conhecimento. Espero poder compartilhar algumas novas experiências com que lê o blog, tanto para aprofundar os mistérios do ensino superior como para também poder aprender mais deste novo oficio.

A principio, continuo como instrutor no SENAI, para cursos técnicos e de qualificação profissional. Apenas somarei a função de professor universitário, invertendo agora a função no ensino superior. Agora farei valer a experiência adquirida em sala, tanto como docente quanto como aluno.

Sou grato a Deus pela oportunidade, e espero poder honrar esta porta que se abre. Que seja apenas o começo de uma longa jornada vitoriosa.

Qual a diferença entre blog, site e portal?

Muitos falam em site, blog, portal. Mas poucos sabem a diferença entre eles. Essa dificuldade acontece pois não existe nem um Site órgão regulamentador e a comunidade não consegue entrar em um consenso.
Abaixo vou passar as definições referentes a minha visão.

Site

Qualquer projeto na web é um site, a palavra site vem da variação da palavra sítio que é utilizada no português de portugal para referenciar os espaços na web. Porém a palavra site lembra modelos mais tradicionais na web onde a linguagem utilizada é mais formal, geralmente são utilizados para representar uma empresa ou produtos. Possui páginas abertas com conteúdos atualizados em tempos maiores. A maioria dos sites mantém um espaço classificado como blog para que seja uma área com maior interatividade.

Blog

Basicamente um blog tem as mesmas funções de um site, porém sua dinamicidade é muito maior. E a linguagem usada é, geralmente,  menos formal. Atualmente existem blogs dos mais variados assuntos e segmentos que pensarmos, tem blog que trata do assunto de forma séria, outros de forma divertida. Alguns blogs podem se diferenciar de sites também pelo seu tempo de vida útil que pode ser menor que de um site.

Portais

Como o próprio nome nos passa a ideia, portais são sites que possuem várias “portas”, para diferentes tipos de conteúdos de diferentes assuntos, sendo assim podemos classificar os portais como espaços que aglomeram e distribuem conteúdos variados. O G1 é um bom exemplo de portal no seguimento de notícias.
*Baseado no texto de Juliana Basilio da Silva/Portal GSTI

Trabalho em equipe – A difícil arte

Muitas empresas sabem o que devem fazer para serem mais produtivas só que esquecem de promover o espírito de equipe em seus colaboradores.

trabalho em equipe

Se você aprecia histórias de times esportivos que superaram inúmeros obstáculos antes de chegar ao auge, saiba que existe uma série de filmes desse gênero na locadora mais próxima. O mesmo pode ser dito em relação aos títulos disponíveis nas livrarias, pois durante os últimos anos muita coisa também foi escrita a fim de desvendar os segredos das equipes de sucesso. Continue Lendo “Trabalho em equipe – A difícil arte”

Web – Acessibilidade e Cores

Oi Pessoal! Estou postando um texto que fala sobre este tema: Utilização de cores na web. Com as multiplataformas que temos hoje (Computadores de mesa, notebooks, tablets e celulares), o conceito de desenvolvimento web vai além de criar uma página robusta e confiável. Hoje vamos além, adaptando os conceitos para atender pessoas de diferentes formas e estilos. O texto a seguir é do blog do pessoal da agência Princi Web.

img-coresE aí, pessoal! Vamos falar sobre a Acessibilidade Web, mas desta vez vamos focar no assunto cores. Sim, pois muita gente ainda não sabe que adaptar certas mudanças no seu layout, em relação às cores, podem fazer muita diferença para quem está acessando o seu site.

As cores são interpretações que nossa visão leva até o cérebro da luz refletida nos objetos. Cores podem transmitir sensações diferentes dependendo de sua aplicação, podem indicar um segmento de mercado (por exemplo infantil e alimentício) e muitas outras funções. Como designers, precisamos aprender a usá-las com sabedoria para que elas não virem inimigas do seu negócio, mas sim favoreçam-no. Como já dissemos nos posts anteriores, usar boas práticas de acessibilidade no seu layout, tanto em tipografia como em cores, beneficia e facilita o acesso a todos os usuários de uma maneira geral, não apenas os menos aptos, até porque a percepção de cores varia de pessoa para pessoa. Continue Lendo “Web – Acessibilidade e Cores”