Python [aula 1] – Primeiros Passos (Programando em Python)

Olá, irei começar uma séria de postagens sobre programação na linguagem Python. A princípio será uma introdução, dando os primeiros passos na linguagem. Caso tenham dúvidas ou assuntos específicos a serem tratados, entre em contato ou comente nos posts para irmos aprimorando a ideia do “curso rápido”.

Introdução à programação

No mundo real, temos problemas a serem solucionados diariamente. Alguns deles podem ser auxiliados com a ajuda de um sistema de computação. Para resolvermos o problema, criamos um algoritmo que solucione a situação e para que a gente armazene e execute esse algoritmo na memória de um computador, é necessário que o mesmo seja programado (codificado). Precisamos ‘traduzir’ nossos algoritmos para uma linguagem de programação. Temos linguagens variadas, onde cada uma tem suas regras e modos de se criar, executar e armazenar dados. Linguagens como C, Java, C#, Python, etc possuem cada uma sua sintaxe e modo de se trabalhar para realizar cada tarefa.

Atualmente existem mais de 700 linguagens de programação diferentes, apesar dessa variedade tão grande existe um grupo muito pequeno dessas que são realmente utilizadas.

A linguagem Python

Python é uma Linguagem de programação de altíssimo nível lançada por Guido Van Rossum em 1991. Gerenciado pela Python Software Foundation – Modelo de desenvolvimento comunitário e aberto. O nome foi baseado no programa de TV Monty Python’s Flying Circus.

Um dos principais conceitos que foram levados em conta no projeto da Python é tornar o código dela legível. Para isso o núcleo do projeto era minimalista, com o objetivo de criar um base simples e dar um grande suporte através de bibliotecas.

Características da Linguagem

  • Identação

A identação obrigatória, faz com que você tenha que obedecer ao alinhamento padrão para que seu código funcione e seja corretamente interpretado. O que é apenas uma boa prática de programação para as demais linguagens em Python torna-se obrigatória. Palavras-chave da linguagem com sentido e um núcleo simples é o que seu criador tinha em mente.

  • Interpretada

Ser uma linguagem interpretada reflete diretamente no desempenho da linguagem. O código gerado pelo desenvolvedor é interpretado para linguagem de máquina somente no momento em que ele é atingido em tempo de execução.

  • Legibilidade

Ponto tido como fundamental no desenvolvimento da linguagem era ter uma linguagem legível. Isso facilita muito o aprendizado e o desenvolvimento dos programas, pois tenta aproximar a codificação da linguagem natural.

  • Multiparadigma

Dar liberdade ao desenvolvedor escolher o paradigma que quisesse é uma realidade da programação em Python. Existe o suporte a Programação Orientada a Objetos (POO), imperativa e funcional.

Começando com Python

Para começo de conversa, você pode baixar a implementação oficial do Python por seu site oficial. Tudo isso de forma gratuita. Acesse www.python.org e baixe a versão acima de 3.0 (será a versão que utilizaremos nos exemplos). Feito isso, instale como um software convencional, sem maiores dificuldades. Usaremos o Idle, ferramenta que une o console (interpretador) e a IDE de desenvolvimento da linguagem.

O comando mais básico que você pode fazer em Python é ‘imprimir‘ algo na tela. Para isso basta usar o comando Print seguido da instrução que você quer imprimir. Exemplo:

O resultado você pode ver no IDLE apertando enter após escrever essa linha de código. Parabéns, você acabou de escrever sua primeira linha de código em Python.

Nos próximos posts sobre Python iremos continuar entendendo o uso da linguagem e suas particularidades. Até lá!

Anúncios

Funções e Fórmulas matemáticas em Excel

Olá.

Hoje a dica é para quem gosta ou precisa realizar fórmulas e utilização de gráficos em alguma planilha eletrônica. Os slides foram montados para apresentação diante de banca do IFPB, portanto serve apenas como parâmetro para acompanhamento visual do conteúdo apresentado em aula.

Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, fique a vontade para perguntar pelos comentários ou em minhas redes sociais.

SEMANA DECISIVA!

Pessoal, semana que vem estarei em momento decisivo em minha carreira. Estarei apresentando uma aula para banca do IFRO (Instituto Federal de Rondônia). Um sonho antigo, porém recentemente avivado, de dar aulas, que na verdade sempre tive, mas que foi incentivado depois da minha entrada no SENAI.

A apresentação será na próxima quarta-feira(08/05/13), com certeza dará tudo certo, com Deus no comando.

Estou ansioso, confesso, mas sei que as experiências adquiridas até aqui poderão me auxiliar nesta etapa da minha carreira, que pude chegar graças à criação de meus pais, que me incentivaram a estudar e me formar na área que amo: INFORMÁTICA. E, neste concurso e na nova fase de minha vida, não posso negar que a minha esposa Luana é a grande incentivadora, que apostou em mim quando eu era ‘quase nada’ profissionalmente. Sou grato eternamento às pessoas que acreditaram e acreditam em mim. Se não for desta vez, haverão próximas mais pra frente, mas o objetivo de chegar a lecionar no ensino Federal continuará.

Semana que vem eu posto uma autoavaliação da minha apresentação. Seja o que Deus quiser.