[Slide] Programação Orientada a Objetos

Olá, pessoal! Segue Slide da primeira aula da disciplina POO – Programação Orientada a Objetos, do curso superior de Automação Industrial da faculdade SENAI-PB.

Os demais materiais serão todos postados por aqui para acesso da turma. Outros materiais sobre Programação estão aqui na seção APOSTILAS.

Para baixar o slide de aula, clique aqui.

 

Anúncios

Saiu o Bootstrap 4 Beta!

Foi lançada a versão BETA do novo Booststrap 4. Esperada por desenvolvedores web ansiosamente, essa versão promete novidades para a criação de sites cada vez mais compatíveis as diversas telas e resoluções na criação de aplicações web cada vez mais “responsivas”.

O Bootstrap é um conjunto de ferramentas de código aberto para desenvolvimento com HTML, CSS e JavaScript. Essa ferramenta permite a criação de um protótipo rapidamente, auxiliando em projetos, idéias e criação de aplicativos completos com as variáveis ​​Sass e mixins, sistema de grade responsivo, extensos componentes pré-construídos e plugins poderosos criados no jQuery.

Para baixar e experimentar a novidade, clique aqui meu jovem padawan.

#Expotec2017 – Tá chegando a hora!

De 09 a 11 de agosto acontece a EXPOTEC aqui em João Pessoa. Evento bacana que reune renomados profissionais do nordeste, do Brasil e do mundo até. O local é super agradável (Já conhece o Centro de Convenções de João Pessoa?). Games, Desenvolvimento, Web, Robótica, Educação e muitos outros assuntos são vistos em formato de Palestras, Exposições e Workshop.

Vamos lá? Inscreva-se no site www.expotec.org.br

{Palestra} Criação Web com Frameworks (Material Design e Bootstrap)

Olá Pessoal. Nessa sexta-feira, dia 02 de junho, apresentei na SIAP da faculdade FPB, a palestra Criação Web com Frameworks Front-end (Material Design e Bootstrap). Para quem esteve lá ou não, coloco aqui os Slides apresentados, que contém os links para cada framework abordado na palestra.

Dúvidas, críticas ou qualquer outra forma de opinião, fique a vontade para comentar abaixo.

O que é Git e GitHub? Entenda mais sobre versionamento

Este artigo, escrito por  para o blog Tableless, traz a você tudo que precisa saber para se tornar um desenvolvedor que possa dominar tanto o git, quanto o Github. Nosso objetivo é trazer os conhecimentos necessários para que você possa, a partir do zero, dominar os conceitos gerais do git, e usar o github para “hospedar” seus projetos pessoais e acompanhar outros projetos de seu interesse.

O que é git?

Git é um sistema de controle de versão de arquivos. Através deles podemos desenvolver projetos na qual diversas pessoas podem contribuir simultaneamente no mesmo, editando e criando novos arquivos e permitindo que os mesmos possam existir sem o risco de suas alterações serem sobrescritas.

Se não houver um sistema de versão, imagine o caos entre duas pessoas abrindo o mesmo arquivo ao mesmo tempo. Uma das aplicações do git é justamente essa, permitir que um arquivo possa ser editado ao mesmo tempo por pessoas diferentes. Por mais complexo que isso seja, ele tenta manter tudo em ordem para evitar problemas para nós desenvolvedores.

Outro fator importante do git (e essa é um dos seus diferenciais em relação ao svn – caso vc o conheça) é a possibilidade de criar, a qualquer momento, vários snapshots do seu projeto, ou como chamamos mais “nerdmenete”, branch. Suponha que o seu projeto seja um site html, e você deseja criar uma nova seção no seu código HTML, mas naquele momento você não deseja que estas alterações estejam disponíveis para mais ninguém, só para você. Isso é, você quer alterar o projeto (incluindo vários arquivos nele), mas ainda não quer que isso seja tratado como “oficial” para outras pessoas, então vc cria um branch (como se fosse uma cópia espelho) e então trabalha apenas nesse branch, até acertar todos os detalhes dele. Após isso, você pode fazer um merge de volta do seu branch até o projeto original. Veja bem, se tudo isso que você leu só ajudou a te confundir mais – respire fundo – e siga em frente. Com exemplos tudo fica melhor.

O que é github?

O Github é um serviço web que oferece diversas funcionalidades extras aplicadas ao git. Resumindo, você poderá usar gratuitamente o github para hospedar seus projetos pessoais. Além disso, quase todos os projetos/frameworks/bibliotecas sobre desenvolvimento open source estão no github, e você pode acompanhá-los através de novas versões, contribuir informando bugs ou até mesmo enviando código e correções. Se você é desenvolvedor e ainda não tem github, você está atrasado e essa é a hora de correr atrás do prejuízo.

Instalando git

O git é um programa que pode ser instalado neste link para Windows, neste para Mac, ou então através do comando sudo apt-get install git para plataformas Linux/Debian, como o Ubuntu. Se você usa uma VM na nuvem, como o cloud9 ou koding, o git já estará disponível em sua linha de comando.

Nossa metodologia é fazer com que você aprenda git já utilizando o github, então vamos a sua configuração!

Criando a conta no GitHub

O github não possui instalação, ele é um serviço, e caso você não tenha uma conta, chegou a hora de criá-la, neste link. Após criar a conta, você verá um botão verde +New Repository na qual poderá criar um repositório de acordo com a tela a seguir.

github

Clique aqui e leia o artigo na íntegra!