[Slide] Programação Orientada a Objetos

Olá, pessoal. Esse post é para compartilhar o slide inicial da disciplina Programação Orientada a Objetos. Aqui no blog, no link APOSTILAS, você terá acesso aos demais slides.

Para acompanhar os códigos vistos nas aulas, acesse meu Github (clique aqui).

Blog prof. Daniel Brandão - Tecnologia + Programação + Dados

Olá, pessoal! Segue Slide da primeira aula da disciplina POO – Programação Orientada a Objetos, do curso superior de Automação Industrial da faculdade SENAI-PB.

Os demais materiais serão todos postados por aqui para acesso da turma. Outros materiais sobre Programação estão aqui na seção APOSTILAS.

Para baixar o slide de aula, clique aqui.

 

Ver o post original

Anúncios

Eclipse Mars – O mais novo lançamento da Fundação Eclipse

A Fundação Eclipse liberou recentemente o Eclipse Mars que inclui diversas novidades, como por exemplo: novas funcionalidades na IDE Java, integração com o Gradle, gerenciamento de containers Docker, entre outros.

No Eclipse Mars foi adicionado novas funcionalidades na IDE Java, incluindo uma visão hierárquica para projetos aninhados, habilidade de customizar perspectivas e melhorias nas buscas de textos.

A integração com o Gradle é totalmente nova, tornando o gerenciamento de builds Gradle mais fácil através do projeto Buildship.

Agora é possível construir e manter containers Docker, disponível através do projeto Linux Tools.

O suporte ao Maven foi melhorado, incluindo suporte ao Maven 3.3.3, melhorias na integração de archetypes Maven e aprimoramento no preenchimento automático no editor de pom.

Graças ao projeto Oomph agora é possível gravar e compartilhar as configurações de preferências através de workspaces individuais.

O Eclipse agora fornece suporte a construção de aplicativos móveis entre diversas plataformas usando o Apache Cordova, através do projeto Thym.

Alguns outros projetos inclusos no Eclipse Mars são:

  • Jubula 3.1 – Ferramenta de testes funcionais automatizados para vários tipos de aplicações. Destinado a equipes que querem que seus testes automatizados sejam escritos por especialistas de testes a partir da perspectiva do usuário;
  • GEF 3.10 – O Graphical Editing Framework fornece tecnologia para criar editores gráficos ricos;
  • Sirius 3.0 – Editor gráfico para DLSs;
  • Eclipse Communication Framework 3.10 – é um conjuntos de frameworks para construir a comunicação entre aplicações e serviços. Fornece uma implementação leve, modular, independente, totalmente compatível com o padrão OSGi Remote services;
  • Papyrus 1.1 – Permite que o usuário edite qualquer tipo de modelo EMF e, particularmente suporte UML e linguagens de modelagem relacionadas, tais como SysML e MARTE.

Maiores informações sobre o Eclipse Mars podem ser encontradas no site do Eclipse, na lista de projetos presentes nesta versão e também nas anotações de lançamento da versão.

Fonte: InfoQ