#Profissões: tendências para 2020 e empregos do futuro

Pesquisas apontam carreiras em alta e os trabalhos que irão surgir na próxima década. Confira!

Impulsionada pelas inovações tecnológicas, as profissões têm se transformado. Novas funções estão surgindo, e o papel do executivo vem se desenhando em meio às disrupções provenientes do mundo pós-moderno.

Conforme a tecnologia propicia facilidades, outros campos de trabalho surgem, com profissões inovadoras, exigindo pessoas capacitadas para tal função. Tendo isso em vista, estudos apontam que as principais atividades para o ano de 2020 são dos setores ligados à tecnologia.

Áreas em foco

Além de saber quais os ofícios específicos tendem a ser mais valorizados, é importante conhecer as áreas que se destacam. Segundo a Fundação Instituto de Administração (FIA), os setores que entram em cena são:

Tecnologia: Essa é a mais óbvia e inegável, pois no dia a dia das organizações e da vida pessoal há cada vez mais inovações e dispositivos que trazem facilidades tanto para a área empresarial quanto para pessoal. Deste modo, as profissões associadas à programação ganham destaque, sobretudo, as que focam em linguagens relacionadas à automação, internet das coisas, inteligência artificial e machine learning.

Dados: O mesmo cenário tecnológico nos traz ao mundo da big data, em que há o crescimento de coleta e processamento de dados, contudo,  o enfoque fica também para análise estratégica de dados obtidos na tomada de decisões de uma empresa.

Compliance: O público consumidor mudou, está mais exigente e consciente do impacto socioambiental que a economia produtiva provoca no planeta. Deste modo, profissionais de compliance, área que se ocupa de garantir que a empresa cumpra as leis e regulamentações referentes à sua atuação, tem sido cada vez mais procurada.

Áreas em ascenção

A equipe Cognizant, que é uma das maiores empresas de tecnologia de informação do mundo, se baseou em macrotendências atuais em diversas áreas, como:  meio-ambiente, migração, biotecnologia e demografia para criar as possibilidades. Segundo os autores, o trabalho vai mudar no futuro, mas não irá sumir. Em sua pesquisa elencam 21 profissões, que irão ser importantes para o futuro. Abaixo destacamos algumas:

Oficial de ética de sourcing:

Este profissional investiga, acompanha e negocia acordos de bens e serviços para garantir que gastos indiretos da empresa (em energia, restos e relações sociais) estejam alinhados com os padrões de ética de seus stakeholders. Para isso é preciso ter experiência com ética em ambientes corporativos, habilidades interpessoais e de comunicação, capacidade de trabalhar em grupo. Conhecimentos de negócios, lei, gestão pública ou filosofia são diferenciais.

Detetive de dados:

Investiga mistérios em Big Data. Para atuar nesta área, basta saber sobre finanças, matemática e Data Science, mas ser um cientista de dados é necessário.

Mestre de edge computing:

Este profissional cria, mantém e protege o ambiente de edge computing. É necessário possuir doutorado em áreas relacionadas, experiência com segurança e protocolo de internet das coisas (IoT), entre outros assuntos. Capacidade de arquitetar e projetar ambiente de computação em nuvem ou edge computing.

Walker/ talker:

Profissional autônomo, como motoristas de Uber. Passa tempo com clientes idosos através de uma plataforma online para escutá-los e conversar com eles. Sua principal tarefa como walker/talker é prestar atenção. Qualquer background será considerado. É preciso ter mobilidade para visitar clientes em casa quando for necessário.

Conselheiro de compromisso de saúde:

Trabalha remotamente para oferecer coaching individual e conselhos de bem-estar e saúde para usuários de pulseiras inteligentes, que monitoram suas atividades e sinais físicos. Ter experiência com nutrição ou educação física e credenciais (obtidas em cursos online) em modalidades esportivas como CrossFit ou Yoga. Saber lidar com ambientes culturalmente diversos também é necessário.

Fontes:

GuiaCarreira
Fia
Epocanegócios
Napratica.org
cognizant.com/futureofwork

Incubadora Tecnológica do IFPB apresenta projeto em feira Internacional

A Incutes, Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Solidários do IFPB, participou no período de 20 a 22 de outubro em Montevidéu, no Uruguai, do 2º Encontro Regional Latino-Americano: La economia dos/as trajadores/as, realizado por diversas Empresas Recuperadas dos Trabalhadores da América do Sul e Instituições Acadêmicas.

A Incutes foi representada pela assistente social Maria José Teixeira Batista Filha e pela Técnica em Assuntos Educacionais, Valéria Maria Gomes Guimarães, lotadas na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura- PROEXC.

Leia mais em http://www.ifpb.edu.br/noticias/2016/10/incutes-do-ifpb-participa-de-evento-em-montevideu

Visão: Uma qualidade essencial para jovens profissionais de TI

Quando você entra em uma empresa de TI diferente independente do tamanho desta empresa, se depara com uma nova cultura e formas diferentes de pensar que estão impregnadas na cultura que esta empresa construiu.

É muito comum hoje em dia em empresas de grande porte, principalmente multinacionais, os novos funcionários passarem por processos de integração para conhecer a cultura da empresa e a maneira que a empresa constrói e estabelece seu estilo de trabalho entre as equipes.