11 de Agosto, dia do Estudante

estudante

“Sabe voar, estudante?” [NASCIMENTO, Capitão]

Dessa frase ‘inspiradora’, faço minha homenagem aos meus alunos, ex-alunos e a todos os estudantes que me seguem. Parabéns pelo seu dia! Seja sempre um estudante, não importa do que, estude sempre.

Anúncios

Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 3]

Este é o último post da série Ferramentas JavaScript para desenvolvimento web. Encerramos fazendo um apanhado geral das técnicas e ferramentas mais empregadas pelos desenvolvedores da linguagem mundo afora.

js-cover

Automatizando as coisas com Grunt

Apesar do nome, Grunt está longe de ser primitivo. É uma robusta ferramenta de construção através de linhas de comandos que executa as tarefas definidas pelo usuário. Através da especificação de um arquivo de configuração simples, podemos configurar o Grunt para compilar LESS ou SASS, construir e minimizar todos os arquivos JavaScript e CSS em pastas especificas, ou mesmo executar uma ferramenta de linting ou framework de testes. Também é possível configurar o Grunt para executar como parte de um script personalizado do Git (Git hook) – minimizando e construindo seu código somente se houver algo no repositório de controle do código.

Continue Lendo “Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 3]”

Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 2]

Continuando nossa série sobre Ferramentas JavaScript para desenvolvimento web, iremos falar sobre os ambientes de desenvolvimentos e IDEs propícias para a linguagem. O objetivo é citar as principais opções que os desenvolvedores web do mundo inteiro tem utilizado nos últimos tempos.

f7dff-ides-linux-header


Ambiente de desenvolvimento JavaScript

Uma importante parte do desenvolvimento eficiente é o uso de uma IDE. Uma IDE, ou Ambiente de Desenvolvimento Integrado, é uma aplicação que oferece um conjunto de ferramentas para o desenvolvedor. A parte mais importante dessas ferramentas normalmente é o rico editor de texto, que oferece destaque das sintaxes, auto completar e teclas de atalho que acelera os processos manuais.

Sublime Text

O Sublime Text não é de fato uma IDE. Ele é leve, um editor de texto para programação super rápida, que oferece o destaque da sintaxe e teclas de atalhos intuitivas. Sendo multi plataforma, é excelente para os desenvolvedores que querem usar no Mac ou PC. Virtualmente tudo no Sublime Text pode ser customizado. Também oferece múltiplos plugins que permitem recursos como de uma IDE, por exemplo, a integração com Git e análise de erros no código (linting). Ela é uma ótima escolha para os entusiastas e novos desenvolvedores JavaScript. O Sublime Text pode ser baixado e avaliado gratuitamente, sua licença custa $70.

Fonte: Sublime Text

WebStorm

O WebStorm foi criado pela equipe da JetBrains como uma pequena IDE focada em HTML, CSS e JavaScript. O custo da licença é $49 e é amplamente considerado de fato como padrão para profissionais JavaScript, e por uma boa razão. O construtor de complementação de código e inspeção de ferramentas são inigualáveis. O WebStorm também oferece um depurador de JavaScript rico e integrado testes de unidade com os frameworks populares, como: execução de testes Karma e JSDriver e até o Mocha do Node.js.

Uma das melhores funcionalidades do WebStorm é a funcionalidade de Edição ao Vivo. Instalando um plugin em ambos Chrome e WebStorm, um desenvolvedor pode fazer mudanças no código que são instantaneamente refletidos no navegador. Os desenvolvedores podem também configurar a Edição em Tempo Real para destacar as mudanças que são feitas na janela do navegador, permitindo depuração e alta produtividade durante a codificação.

No geral, o WebStorm é a IDE para escolher se usar JavaScript em tempo integral.

Fonte: JetBrains

Brackets

Continue Lendo “Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 2]”

Microsoft disponibiliza código de seu motor Chakra

A Microsoft abriu, nesta quinta-feira (14/01), o código do Chakra Javascript, que já está disponível no GitHub. Seu motor é usado no Windows Edge, Xbox e em outros programas do Windows.

O projeto de código aberto inclui todas as ferramentas necessárias para analisar, interpretar, compilar e executar o código JavaScript sem depender do Edge. Isso permite que os desenvolvedores incorporem o motor em seus projetos e ampliem sua utilização.

Fonte: Redação Imasters

Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 1]

Programar em JavaScript tornou-se algo fundamental na web 3.0. Se você quiser criar um site ou um sistema web com funções aprimoradas de forma prática, é essencial buscar ferramentas JS e incluir em seu projeto. Irei postar aqui uma série de 3 posts relativos a essa linguagem e citando as principais opções que desenvolvedores web do mundo inteiro devem ter em sua caixinha de ferramentas.

A plataforma Web percorreu um longo caminho desde que o HTML5 se tornou popular e as pessoas começaram a olhar o JavaScript como uma linguagem que é capaz de construir aplicações complexas. Para atender novas demandas muitas APIs surgiram e existe conteúdo abundante sobre como os navegadores podem tratar todas elas.

Esta serie especifica de artigos irá um passo além e se concentra em como essas tecnologias podem ser usadas na prática, não somente para construir demonstrações ou protótipos, mas como os profissionais tem usado elas em produção. Nessa serie de artigos pós HTML5, vamos além do modismo e mostraremos detalhes práticos dos especialistas sobre o que realmente funcionou com eles. Também abordaremos tecnologias (como AngularJS) que vão um passo além e definem o futuro de como os padrões e desenvolvimento web irão evoluir.

Essa serie de artigos é original do site InfoQ, chamado de “Próxima geração do HTML5 e JavaScript“. Se quiser. você pode assinar para receber notificações via RSS.


O JavaScript é uma linguagem de script desenhada inicialmente para tratar páginas web, mas agora é usada em quase todas as formas imaginavéis. Avanços foram feitos para permitir que o JavaScript execute no lado servidor bem como compilado em código de aplicações nativas para telefones. Hoje o desenvolvedor JavaScript faz parte de um rico ecossistema formado por centenas de IDEs, ferramentas e frameworks. Com muitas opções e recursos, alguns desenvolvedores podem encontrar dificuldade de saber como começar. Nesse artigo será discutido sobre o perfil do moderno desenvolvedor JavaScript, iniciando com uma breve história do JavaScript e apresentado os mais populares frameworks, ferramentas e IDEs.

Uma breve excursão através da história

Vamos voltar para 1995 quando o Netscape Navigator e o Internet Explorer 1.0 eram as escolhas disponíveis de navegadores. Os sites web tinham apenas textos e muitos GIFs. Um site completo de conteúdo rico demorava 2 minutos para carregar em uma conexão discada (dial-up). Ao longo do caminho, uma linguagem web nasceu permitindo que esses sites web antigos pudessem executar código no lado cliente. Esse foi o ano que nasceu o JavaScript.

Os sites web de 20 anos atrás não usavam muito JavaScript e certamente não usavam seu potencial total. Ocasionalmente havia um alerta popup para informar algo, a rolagem de um texto em uma caixa com notícias ou um cookie que armazenava seu nome e apresentava novamente quando retornasse alguns meses depois. Certamente não havia empregos nos quais o JavaScript era a linguagem primaria, salvo aqueles poucos sortudos que tinham o trabalho de criar o JavaScript. Em resumo, era um truque para os sites web enfeitarem os seus DOM.

Hoje, o JavaScript pode ser encontrado virtualmente em todos os locais. Do AJAX, ao Bootstrap, ReactJS, Angular, o ubíquo jQuery e mesmo o Node.js no lado servidor, o JavaScript se tornou uma das mais importantes e populares linguagens da web.

Frameworks

Continue Lendo “Caixa de ferramentas do JavaScript [parte 1]”

14 ótimos plugins de Image Slider em jQuery

O jQuery mudou radicalmente a experiência de blogar com os efeitos alcançados pelos plugins jQuery de Image Slider renderizando efeitos especiais nas imagens. Os plugins possuem, em sua grande maioria, controles deslizantes que podem ser usados em sites ou blogs e na exibição de imagens e fotos de forma simplificada.

Leves e com características como fácil customização, os plugins jQuery de Image Slider abriram possibilidades ilimitadas para usá-los. Eles aceleram o design e o desenvolvimento de seu trabalho diário, acrescentando subtítulo, imagens e efeitos de transição imediatamente.

Por isso, estamos compartilhando hoje este artigo para melhorar o novo padrão para a exibição de suas mídias visuais do jeito que você quiser, e vai ajudar você a obter o máximo de seus recursos de imagem. Continue Lendo “14 ótimos plugins de Image Slider em jQuery”

[JS] Selecionando um intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON

js

Durante o desenvolvimento Front-end nos deparamos constantemente com o desafio de relacionar o retorno de dados da aplicação com a interface que o usuário acessa efetivamente. Neste artigo apresentamos uma solução JavaScript para selecionar um determinado intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON.

Introdução

JSON é um formato leve que pode ser interpretado ou gerado com facilidade e é completamente independente da linguagem utilizada. Estas qualidades fazem com que ele seja ideal para troca de dados.

O primeiro passo é analisar a estrutura do objeto que foi criado para o estudo:

[
   {
      "title":"Evento 1",
      "start":"22/05/2015",
      "end":"25/05/2015"
   },
   {
      "title":"Evento 2",
      "start":"28/05/2015",
      "end":"30/05/2015"
   },
   {
      "title":"Evento 3",
      "start":"03/06/2015",
      "end":"03/06/2015"
   }
]

Continue Lendo “[JS] Selecionando um intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON”