[JS] Selecionando um intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON

js

Durante o desenvolvimento Front-end nos deparamos constantemente com o desafio de relacionar o retorno de dados da aplicação com a interface que o usuário acessa efetivamente. Neste artigo apresentamos uma solução JavaScript para selecionar um determinado intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON.

Introdução

JSON é um formato leve que pode ser interpretado ou gerado com facilidade e é completamente independente da linguagem utilizada. Estas qualidades fazem com que ele seja ideal para troca de dados.

O primeiro passo é analisar a estrutura do objeto que foi criado para o estudo:

[
   {
      "title":"Evento 1",
      "start":"22/05/2015",
      "end":"25/05/2015"
   },
   {
      "title":"Evento 2",
      "start":"28/05/2015",
      "end":"30/05/2015"
   },
   {
      "title":"Evento 3",
      "start":"03/06/2015",
      "end":"03/06/2015"
   }
]

Continue Lendo “[JS] Selecionando um intervalo de datas no Datepicker a partir do JSON”

Anúncios

Quer programar? Eu digo Bora!

Hoje nós não temos tantas limitações em se tratando de desenvolvimento. Linguagens tidas como para programação desktop já tem suas opções de vinculo com a web, e vice-versa. Partindo desse pressuposto, as dicas que trago aqui valem para quem quer aprender linguagens atuais para desenvolvimento de softwares e apps.

Trouxe aqui então dicas de livros e materiais úteis para quem quer começar a programar “sozinho”, mas com uma leve instrução de quem entende um pouco mais. As dicas são válidas para quem quer desenvolver para a web. Vale sempre lembrar que programar não é bicho de 7 cabeças, mas requer o mínimo de dedicação e vontade, além de organização de prefêrencia. Mas vamos ao que interessa.

JavaScript

Para a linguagem, livros atuais são bem mastigados e com vários exemplos, o que ajuda bastante. Indico os livros da editora Casa do código. Com uma variedade grande de escritores, seus livros são extremamente bem elaborados e com um material gráfico bacana. Destaque para os livros DOMINANDO JAVASCRIT COM JQUERY e COLETÂNEA FRONT-END. Outro livro bacana que encontrei grátis online é o JAVASCRIPT FURTIVO do Eric Douglas (até o lançamento desse post, o livro ainda estava em desenvolvimento contínuo).

HTML5 e CSS3

Assim como para JS, o livro COLETÂNEA FRONT-END trás uma gama de artigos e tutoriais compilados em um único livro, com dicas e ótimas formas de se trabalhar com estas linguagens básicas para o desenvolvimento web. O livro é um apanhado de textos de feras no assunto Front-end.

PHP Continue Lendo “Quer programar? Eu digo Bora!”

[Dica] Navegadores x Elementos HTML5, CSS3 e JS

Tá afim de usar um recurso novo no seu site e não sabe quais navegadores tem suporte para isso? É fácil saber! Não precisa testar em cada versão de navegador para saber. Existem alternativas na internet e te mostrarei uma bem legal.

suporte html css3 js - Pesquisa Google

Através do site oficial do framework Bootstrap, achei essa dica do site CanIuse.com onde você pode verificar e até comparar quais navegadores, tanto para desktop como para dispositivos móveis, tem suporte para cada recurso das novidades do HTML5, CSS3 e JavaScript.

Uma gama de informações podem ser verificadas, facilitando sua vida na hora de saber se alguma demanda específica de cliente pode ser atendida com seu novo projeto.

Teste e me digam o que acharam, ok? Abraço e até mais.

JavaScript – Uma Visão Geral, Hoje

Olá meus amigos. Hoje falaremos sobre a linguagem JavaScript.js-cover

O objetivo é mostrar uma visão de cima sobre a linguagem de scripts fundamental na web atual, sua estrutura e como desenvolver boas práticas para a programação da mesma. Este meu artigo tem várias fontes, sendo a principal delas o site de desenvolvedores da fundação Mozilla.

Introdução

Enquanto nós temos a linguagem HTML como a base para a formatação do conteúdo em uma página web e o CSS como o configurador e determinador dos estilos e aparência da mesma, o JavaScript tem sido usado desde sua criação para tornar os sites mais interativos com o usuário final. Porém, de anos para cá, a linguagem não se restringe apenas a essa função, evoluindo e muito na forma de tratar informações na web.

Por esse fator, o “JavaScript” genérico é entendido contendo tanto elementos de sua linguagem original (a ECMAScript), como de suas coleções de Web API’s, dentre elas o DOM (Document Object Model).

O núcleo da JS é padronizado pelo comitê ECMA TC39, cuja linguagem é chamada de ECMAScript. Essa linguagem é usada também em ambientes no-browser, como no Node.JS.

O que se encaixa na ECMAScript?

Dentre outras coisas, a ECMAScript define:

– A sintaxe da linguagem (suas regras básicas, palavras chave, Controle de fluxo, inicialização de objetos, etc…)
– Mecanismos de correção de erros
– Objetos Globais (global object)
– Mecanismos de herança baseadas em protótipos, e etc.

Suporte nos Navegadores

Desde abril de 2013, a versão que os principais navegadores tem suportado é a ECMAScript 5.1, mas navegadores mais antigos mantém o suporte à linguagem na versão 3, e em algumas partes na versão 5.

Infelizmente, os desenvolvedores web tem percebido na prática que o DOM acaba sendo uma bagunça.  O suporte ao navegador varia muito de recurso para recurso. A principal razão para esta situação é o fato de que muitos recursos DOM importantes tiveram muito pouco clara as especificações (isso quando há). Além disso, diferentes navegadores adicionaram recursos incompatíveis que acabam por sobrepor outros (como é o modelo de eventos do Internet Explorer).

Mas atualmente há de se animar, visto que a W3C e a WHATWG estão definindo um melhor padrão para os navegadores, com o lançamento oficial do HTML5 como uma linguagem definitiva. Seguindo essa tendência, os navegadores estão melhorando suas implementações com base nessas especificações, o que deixará o processo de desenvolvimento mais equilibrado entre navegadores.

O mais seguro atualmente tem sido utilizar bibliotecas JavaScripts, pois elas permitem um padrão mais confiável e certas garantias de funcionamento em diferentes navegadores. As principais bibliotecas hoje em utilização são JQuery, Prototype e YUI.