Profissões em alta para 2020 segundo LinkedIn

As 15 profissões mais promissoras de 2020, segundo o LINKEDIN

A rede social listou 15 profissionais com mais oportunidades no mercado de trabalho

No começo do mês de janeiro, o LinkedIn listou as 15 profissões emergentes de 2020, nove delas ligados à Tecnologia da Informação e da Comunicação. O resultado dessa lista baseia-se em dados de perfis públicos de usuários que tenham ocupado um ou mais cargos nos últimos cinco anos no Brasil.

Para concretizar o relatório, a rede social relacionou as profissões com mais movimentação e, então, realizou um cálculo de crescimento, que levou em consideração o número de contratações a aumento da taxa de procura. Gestor de mídias sociais aparece como o cargo mais crescente no mercado, com um aumento anual de 122% em média, considerando os anos entre 2015 e 2019. O site atenta para a profissão de motorista em 10º lugar, cujo aumento está relacionado à popularização de aplicativos.

Confira a lista a seguir:

1. Gestor de mídias sociais, crescimento médio anual de 122%;

2. Engenheiro de cibersegurança, crescimento médio anual de 115%;

3. Representante de vendas, crescimento médio anual de 109%;

4. Especialista em sucesso do cliente, crescimento médio anual de 79%;

5. Cientista de dados, crescimento médio anual de 78%;

6. Engenheiro de dados, crescimento médio anual de 75%;

7. Especialista em Inteligência Artificial, crescimento médio anual de 73%;

8. Desenvolvedor em JavaScript, crescimento médio anual de 72%;

9. Investidor Day Trader, crescimento médio anual de 69%;

10. Motorista, crescimento médio anual de 68%;

11. Consultor de investimentos, crescimento médio anual de 61%;

12. Assistente de mídias sociais, crescimento médio anual de 60%;

13. Desenvolvedor de plataforma Salesforce, crescimento médio anual de 58%;

14. Recrutador especialista em Tecnologia da Informação, crescimento médio anual de 56%;

15. Coach de metodologia Agile, crescimento médio anual de 53%.

Fonte: LinkedIn / IT4CIO

Google Hire, um novo rival para o LinkedIn

Google Hire permite agregar dados e material sobre candidatos espalhados pelo Gmail, Docs, Calendar e etc numa única plataforma (Foto: Divulgação/Google)

Hire é o novo produto do Google para organizar o processo de contratação de talentos e novos profissionais para pequenos e médios negócios. A ideia da ferramenta é servir de alternativa ao LinkedIn, com a vantagem de oferecer grande integração com a suíte de aplicativos da Gigante das Buscas. O serviço permite que informações sobre os candidatos sejam de fácil acesso e visualização, tornando mais simples a seleção de candidatos por profissionais do RH.

Integrado aos outros produtos do Google, como Gmail, Calendar e Planilhas, o Hire é destinado a empresas como uma plataforma de gerenciamento do processo de seleção — principalmente para empresas que não têm orçamento para contratar serviços mais específico desse mesmo gênero. A novidade, que passou um ano em fase de testes, tem suas atividades limitadas aos Estados Unidos, no momento.

Profundamente integrado à G Suite, o Google Hire depende de assinatura para ser utilizado. Com o serviço, uma companhia pode acompanhar o agendamento de uma entrevista, ter acesso a informações de contato do candidato, bem como o histórico de troca de e-mails e currículos — tudo a partir de informações que já estão no Calendar, no Hangouts, no Gmail e etc.

Matéria completa no site Techtudo