Onze IDE’s de programação em ambiente Linux

Muitos usuários migram para o Linux, mas não podem dispensar as suas tarefas de programador. Para facilitar sua pesquisa pela “IDE perfeita” segue uma lista com 10 opções para o universo Linux. Lembrando que, livre de comparações com outros sistemas ou programas, essas 10 opções podem suprir completamente suas necessidades. Continue Lendo “Onze IDE’s de programação em ambiente Linux”

Como ser um dev frontend usando Linux

Muita gente me pergunta:

Você trabalha com frontend e usa Linux? Como faz pra usar Photoshop?

Como se front-end só trabalhasse com Photoshop. Mas vem comigo que te mostro.

Trabalhar com desenvolvimento frontend envolve muito código, por isso Linux – ao menos pra mim – é a melhor solução. Usar uma distribuição que não te deixe na mão e facilite a instalação de pacotes é essencial. No momento estou usando duas distros:Ubuntu Gnome – porque o Unity é muito palha – e Elementary OS.

As duas resolvem bem qualquer tipo de problema.

Uso o Terminator no lugar do terminal padrão do Ubuntu (dica do Carlos Becker, que inclusive tem uma coleção de dotfiles bem da hora).

Para codar, Sublime Text com algumas configurações específicas.

Shutter, para tirar prints da tela.

Gimp para tratar alguma imagem – não fico mexendo muito com imagens, uso mais para fazer as capas dos posts do blog.

Fogger para criar apps a partir de web apps – um que faz uma frente é o DevDocs.io

Mas e quando você recebe um layout no Photoshop, como você abre os PSDs?

Bom, já rodei Photoshop no Wine, – fica razoavelmente bom, com poucos bugs, mas fica pesado – já testei em máquina virtual, mas fica lento também. Até pouco tempo atrás, essas eram as únicas soluções.

Mas – por incrível que pareça – a Adobe pensou nos devs frontend que, como eu, gostam de usar Linux e só usam Photoshop para fazer recorte de imagens, pegar medidas, fontes, tamanhos de fontes, cores, etc., e lançou um serviço lindo chamadoProject Parfait, onde você faz exatamente isso: pode fazer upload de um PSD (ou vários), e extrair cores, fontes, exportar imagens, etc.

Agora você não tem mais desculpinha pra ficar usando Windows! E nem falo nada de programador BACK-END que usa Windows!

Don't Panic - It's not Windows

Mas brincadeiras à parte, use o sistema que você se sentir mais confortável, e te fizer mais produtivo! 😀 Desde que não seja Windows.

E você, qual o seu sistema operacional? E qual o seu workflow? Comente!

Post ooriginal por blog da2k

10 motivos para você testar o Linux Ubuntu

Ubuntu

Nós, humanos, temos uma fixação estranha e quase obsessiva em listas. Listas para compras, de discos mais legais do mundo, do guitarrista mais virtuoso do Universo conhecido e assim vai. Parece que precisamos ler e reler muitas vezes uma pequena lista antes de tomarmos alguma atitude que nos traga benefícios práticos ou emotivos.

No mundo da tecnologia é muito comum vermos listas demonstrando pontos específicos de um produto que nos mostre pontos-de-vistas que não tínhamos conhecimento. Neste caso específico que se baseia a lista “10 motivos para você testar o Ubuntu”. Continue Lendo “10 motivos para você testar o Linux Ubuntu”

Debate: WINDOWS vs LINUX

De um lado, ele:28 anos (1985)Software proprietário ede Código-fonte fechado.

Do outro, ele: 22 anos (1991)Software livre ede código-fonte aberto.


Este duelo será debatido em sala de aula:
Dia 13 de Setembro de 2013
Às 7:30h
Turma:  Administrador de Redes da escola Senai Vilhena/RO.
Disciplina: Sistemas Operacionais de redes

Após o debate, postarei fotos e falarei sobre o resultado final. Estejam preparados!