Como Será o Trabalho do Futuro?

O texto publicado originalmente no blog da DSA nos traz uma reflexão sobre o futuro das profissões, em especial a do Cientista de dados. Os últimos anos foram intensos para a Ciência de Dados e com base em tudo que vivemos até aqui é possível traçar um panorama sobre a Ciência de Dados nos próximos anos! Como Será o Trabalho do Cientista de Dados no Futuro?

O Que Vivemos Até Aqui?

Nos últimos 10 anos vimos uma verdadeira explosão na geração e utilização de dados. Com a presença de mais de metade da população do planeta na internet, a geração de dados cresceu de forma exponencial, surgindo assim o famoso termo Big Data, dados gerados em alto volume, alta variedade e alta velocidade. Percebeu-se que ao analisar essa montanha de dados, era possível coletar insights e fazer previsões com nível de precisão cada vez maior e dessa forma, a Ciência de Dados, impulsionada por Machine Learning e Inteligência Artificial, deu um salto e ganhou o mundo, promovendo o surgimento de diversas carreiras, tais como Cientista de Dados, Engenheiro de Dados, Engenheiro de Machine Learning, Engenheiro de IA, entre outras. As empresas iniciaram a corrida pelos dados e pelos profissionais capazes de extrair desse tesouro todo o valor que eles oferecem. Os dados se transformaram no novo petróleo fazendo com que as empresas adotassem uma cultura data-driven (orientada a dados).

E O Futuro? O Que nos Reserva?

Tudo que vimos até aqui ainda é considerado a ponta do iceberg. Muitos acreditam que ainda estamos na infância do Big Data e quando a Internet das Coisas (IoT) se tornar realidade, veremos um salto ainda maior na geração de dados e consequentemente um salto na necessidade de profissionais qualificados.

Algoritmos de Ciência de Dados cada vez mais complexos continuarão incluídos em pacotes e tecnologias que facilitam a implantação em ordens de magnitude. Considere como é a experiência de treinamento e implantação (em escala) de um algoritmo de Machine Learning hoje em comparação com dez anos atrás – suas ordens de magnitude são mais rápidas de aplicar, podem ser feitas com um maior grau de qualidade e com menos conhecimento técnico e estatístico. Essa é uma tendência comum em muitas áreas da Ciência de Dados.

A grande maioria das empresas ainda não descobriu os benefícios da adoção de Machine Learning, IA e técnicas relacionadas de maneiras que influenciam seus negócios. Mas à medida que a tecnologia evolui e se populariza, mais e mais empresas adotarão a Ciência de Dados como parte de suas estratégias. Não é difícil prever isso. Basta observar o uso da internet 10 anos atrás e hoje. Toda média e grande empresa e órgãos públicos tem algum tipo de estratégia que envolva a internet e o mesmo vai ocorrer com Data Science nos próximos anos. É inevitável.

omo Será o Trabalho do Cientista de Dados no Futuro?

Listamos 10 fatores que ajudam a explicar Como Será o Trabalho do Cientista de Dados no Futuro. Confira:

1- Por que os Cientistas de Dados serão inevitáveis no futuro?

Antes de discutirmos a resposta, vamos entender por que os Cientistas de Dados hoje em dia desfrutam de uma demanda tão grande no mercado. A resposta curta e simples é que, na última década, houve uma enorme explosão na quantidade de dados gerados e retidos pelas organizações, bem como pelas pessoas comuns.

Quase todas as empresas ou negócios hoje dependem fortemente de dados, dando origem a uma enorme demanda por Cientistas de Dados qualificados, além de outras funções relacionadas, principalmente de Engenheiro de Dados. E com mais e mais dados sendo capturados em todo o mundo, a demanda por conhecimento para extrair informações valiosas e acionáveis desses dados só aumentará. Investir em uma carreira em Ciência de Dados é uma decisão bastante inteligente.

E não apenas o Cientista de Dados tem um crescimento vertiginoso na demanda, mas diversas outras carreiras necessárias para compor uma equipe de Data Science…

Leia o restante na ÍNTEGRA no blog da Data Science Academy

O Começo da série #PensandoEmDados

Vamos falar sobre DADOS?

Hoje damos início a uma série de posts e artigos sobre DADOS. Irei postar tanto aqui no blog como em minhas redes sociais. Falaremos sobre dados em todo seu contexto, de sua definição aos formatos, tipos e como são utilizados em nosso mundo atual.

Partindo do principio da ORIGEM dos dados, de suas diversas fontes que hoje dão origem como computadores, smartphones, sensores inteligentes, satélites e até os aplicativos do seu celular e os embarcados no seu carro.

Se você quer acompanhar as postagens, SIGA MEU BLOG, adicione aos seus favoritos. Me siga também nas redes sociais (Instagram, Twitter e Facebook) e vamos juntos nessa. Com a boa repercussão das postagens, poderemos criar também uma série de vídeos nessa temática em meu canal do Youtube. O que você acha? deixe seu comentário abaixo e sugestão de tópicos a serem abordados. Te vejo no futuro.