Redes sociais: Até que ponto é saudável?

Vivemos dias em que é impensável vivermos fora das “redes sociais“. E olha que elas são muitas. Facebook, Twitter, Youtube, Google+ e até o findado Orkut são exemplo de sites onde o que importa é a opinião de terceiros, mas nem tanto.

Com a popularização da conexão com a internet, novos serviços surgem a todo momento. Nos primórdios das conexões, no começo dos anos 90, tínhamos um acesso de velocidade limitada pela tecnologia da época. Éramos limitados em conexões apenas fixas, onde o telefone fixo era de uso obrigatório. Hoje com as conexões móveis, seja em redes WI-FI (sem fio) ou por 3/4 G(conexões via rede móvel – celular), temos um poder maior de alcance, podemos “estar” em vários lugares ao mesmo tempo, mesmo que de forma apenas virtual. Continue Lendo “Redes sociais: Até que ponto é saudável?”

Anúncios