O que é Git e GitHub? Entenda mais sobre versionamento

Este artigo, escrito por  para o blog Tableless, traz a você tudo que precisa saber para se tornar um desenvolvedor que possa dominar tanto o git, quanto o Github. Nosso objetivo é trazer os conhecimentos necessários para que você possa, a partir do zero, dominar os conceitos gerais do git, e usar o github para “hospedar” seus projetos pessoais e acompanhar outros projetos de seu interesse.

O que é git?

Git é um sistema de controle de versão de arquivos. Através deles podemos desenvolver projetos na qual diversas pessoas podem contribuir simultaneamente no mesmo, editando e criando novos arquivos e permitindo que os mesmos possam existir sem o risco de suas alterações serem sobrescritas.

Se não houver um sistema de versão, imagine o caos entre duas pessoas abrindo o mesmo arquivo ao mesmo tempo. Uma das aplicações do git é justamente essa, permitir que um arquivo possa ser editado ao mesmo tempo por pessoas diferentes. Por mais complexo que isso seja, ele tenta manter tudo em ordem para evitar problemas para nós desenvolvedores.

Outro fator importante do git (e essa é um dos seus diferenciais em relação ao svn – caso vc o conheça) é a possibilidade de criar, a qualquer momento, vários snapshots do seu projeto, ou como chamamos mais “nerdmenete”, branch. Suponha que o seu projeto seja um site html, e você deseja criar uma nova seção no seu código HTML, mas naquele momento você não deseja que estas alterações estejam disponíveis para mais ninguém, só para você. Isso é, você quer alterar o projeto (incluindo vários arquivos nele), mas ainda não quer que isso seja tratado como “oficial” para outras pessoas, então vc cria um branch (como se fosse uma cópia espelho) e então trabalha apenas nesse branch, até acertar todos os detalhes dele. Após isso, você pode fazer um merge de volta do seu branch até o projeto original. Veja bem, se tudo isso que você leu só ajudou a te confundir mais – respire fundo – e siga em frente. Com exemplos tudo fica melhor.

O que é github?

O Github é um serviço web que oferece diversas funcionalidades extras aplicadas ao git. Resumindo, você poderá usar gratuitamente o github para hospedar seus projetos pessoais. Além disso, quase todos os projetos/frameworks/bibliotecas sobre desenvolvimento open source estão no github, e você pode acompanhá-los através de novas versões, contribuir informando bugs ou até mesmo enviando código e correções. Se você é desenvolvedor e ainda não tem github, você está atrasado e essa é a hora de correr atrás do prejuízo.

Instalando git

O git é um programa que pode ser instalado neste link para Windows, neste para Mac, ou então através do comando sudo apt-get install git para plataformas Linux/Debian, como o Ubuntu. Se você usa uma VM na nuvem, como o cloud9 ou koding, o git já estará disponível em sua linha de comando.

Nossa metodologia é fazer com que você aprenda git já utilizando o github, então vamos a sua configuração!

Criando a conta no GitHub

O github não possui instalação, ele é um serviço, e caso você não tenha uma conta, chegou a hora de criá-la, neste link. Após criar a conta, você verá um botão verde +New Repository na qual poderá criar um repositório de acordo com a tela a seguir.

github

Clique aqui e leia o artigo na íntegra!

Anúncios

[PHP] Conexão com Banco de dados MySQL

Aula referente a disciplina de Programação Dinâmica para Web, tratando sobre conexão de uma aplicação web em PHP com banco de dados MySQL.

Desenvolvedores insistem em códigos vulneráveis para criar softwares — Security Information News

Mesmo sabendo que alguns desses pedaços de sistemas comprometidos, programadores os utilizam em aplicações corporativas Empresas que desenvolvem software corporativos baixam, em média, mais de 200 mil componentes open source todos os anos. Um em cada 16 desses elementos vem com vulnerabilidades de segurança. O contexto afeta a qualidade. Ao analisar 25 mil aplicações corporativas, […]

via Desenvolvedores insistem em códigos vulneráveis para criar softwares — Security Information News

Escola quer ensinar códigos para 10k alunos do Vale do Silício de graça


O Vale do Silício já é conhecido por ser um importante polo tecnológico no mundo, mas é sempre bom manter a mão de obra especializada próxima das empresas. Por isso, o empresário francês Xavier Niels está com planos de criar uma universidade de codificação na região.

Diferente de outras instituições, a 42, como é chamada a escola, tem planos bem ambiciosos: educar 10 mil estudantes de graça dentro dos próximos 5 anos. Esta não é a primeira escola de codificação de Niels. Em 2013, foi aberta uma 42 em Paris e, desde então, 2.500 alunos já passaram por lá.

Para conseguir estudar na universidade, é preciso ter entre 18 e 30 anos. Após as inscrições onlines, os participantes passam por quatro semanas intensas de desafios de codificação, programação e lógica. Os melhores alunos ganham a oportunidade de estudar na escola.

Ao invés de salas de aulas e professores, a universidade conta com análises comparativas e projetos de codificação, estágios e gamificação. Os alunos devem aprender um conjunto de habilidades em um período de três a cinco anos.

Muitos executivos de empresas já elogiaram a escola, como Evan Spiegel, do Snapchat, e Jack Dorsey, do Twitter. A nova unidade está recebendo investimentos de US$ 100 milhões.

Via TechCrunch/Olhar Digital