Jogo online em CSS Puro!

É possível criar um jogo ou alguma aplicação com as ações sendo controladas sem uma linguagem de programação em si? Eu te provo que SIM!

Anúncios

É possível criar um jogo ou alguma aplicação com as ações sendo controladas sem uma linguagem de programação em si? Eu te digo que SIM!

O desenvolvedor Elad Shechter provou que é sim possível. Através do simples uso de HTML e CSS ele criou um mini-jogo bem interativo. Como o HTML 5 permite você o uso de tags de maneira a simplificar a vida do desenvolvedor, juntamente com os possíveis controles de posições, formatos e tempo do CSS, a “brincadeira” fica mais fácil de acontecer.

O resultado pode ser visto na conta de Shechter no Codepen.io (clique aqui).

Os 10 mais populares frameworks PHP (parte 1)

Que PHP é uma das linguagens web mais utilizadas no mundo todo, para quem é da área, não é segredo algum. Mas, existem “N” formas de se programar para a web e só com a linguagem PHP já são diversos os frameworks, elementos auxiliares na hora de desenvolver um sistema web.

Por que usar um framework PHP?

Um framework PHP fornece uma estrutura básica para simplificar o desenvolvimento de aplicativos da web. Nós os usamos porque eles aceleram o processo de desenvolvimento.

Acima de tudo, a capacidade de resposta de sites e aplicativos criados usando estruturas PHP ajuda as empresas a atender às suas necessidades de desempenho. Portanto, não há dúvida de que os frameworks PHP continuarão ganhando atenção e popularidade em 2019.

A seguir, segue uma lista com os top 10 frameworks em uso hoje no mundo inteiro:

1. Laravel

Laravel is a top PHP framework

Introduzido em 2011, o Laravel tornou-se o mais popular framework PHP livre e de código aberto do mundo. Por quê? Porque ele pode manipular aplicativos da Web complexos com segurança, em um ritmo consideravelmente mais rápido do que outros frameworks. O Laravel simplifica o processo de desenvolvimento, facilitando tarefas comuns, como roteamento, sessões, armazenamento em cache e autenticação.

2. CodeIgniter

CodeIgniter is a top PHP framework

Conhecido por seu pequeno tamanho (é apenas cerca de 2 MB, incluindo a documentação) O CodeIgniter é um framework PHP adequado para o desenvolvimento de websites dinâmicos. Ele oferece vários módulos pré-construídos que ajudam na construção de componentes robustos e reutilizáveis.

3. Symfony

Symfony is a top PHP framework

A estrutura do Symfony foi lançada em 2005 e, embora tenha existido por muito mais tempo do que outras estruturas nessa lista, é uma plataforma confiável e madura. Symfony é uma extensa estrutura PHP MVC e a única estrutura conhecida para seguir padrões PHP e web.

4. CakePHP

CakePHP is a top PHP framework

Se você procura um kit de ferramentas simples e elegante, não procure mais. O CakePHP irá ajudá-lo a desenvolver sites visualmente impressionantes e repletos de recursos. Além disso, o CakePHP é um dos frameworks mais fáceis de aprender, especialmente por causa de sua estrutura CRUD (criar, ler, atualizar e excluir). CakePHP chegou ao mercado no início dos anos 2000, e desde então ganhou melhor desempenho e muitos novos componentes.

5. Yii

Yii is a top PHP framework

A estrutura do Yii – que significa sim, é! – é, de fato, simples e evolutivo. É uma estrutura PHP de alto desempenho e baseada em componentes para o desenvolvimento de aplicativos da Web modernos. O Yii é adequado para todos os tipos de aplicativos da web. Por esse motivo, é uma estrutura de programação universal da web.

Este TOP 10 Continua…

O que é Git e GitHub? Entenda mais sobre versionamento

Este artigo, escrito por  para o blog Tableless, traz a você tudo que precisa saber para se tornar um desenvolvedor que possa dominar tanto o git, quanto o Github. Nosso objetivo é trazer os conhecimentos necessários para que você possa, a partir do zero, dominar os conceitos gerais do git, e usar o github para “hospedar” seus projetos pessoais e acompanhar outros projetos de seu interesse.

O que é git?

Git é um sistema de controle de versão de arquivos. Através deles podemos desenvolver projetos na qual diversas pessoas podem contribuir simultaneamente no mesmo, editando e criando novos arquivos e permitindo que os mesmos possam existir sem o risco de suas alterações serem sobrescritas.

Se não houver um sistema de versão, imagine o caos entre duas pessoas abrindo o mesmo arquivo ao mesmo tempo. Uma das aplicações do git é justamente essa, permitir que um arquivo possa ser editado ao mesmo tempo por pessoas diferentes. Por mais complexo que isso seja, ele tenta manter tudo em ordem para evitar problemas para nós desenvolvedores.

Outro fator importante do git (e essa é um dos seus diferenciais em relação ao svn – caso vc o conheça) é a possibilidade de criar, a qualquer momento, vários snapshots do seu projeto, ou como chamamos mais “nerdmenete”, branch. Suponha que o seu projeto seja um site html, e você deseja criar uma nova seção no seu código HTML, mas naquele momento você não deseja que estas alterações estejam disponíveis para mais ninguém, só para você. Isso é, você quer alterar o projeto (incluindo vários arquivos nele), mas ainda não quer que isso seja tratado como “oficial” para outras pessoas, então vc cria um branch (como se fosse uma cópia espelho) e então trabalha apenas nesse branch, até acertar todos os detalhes dele. Após isso, você pode fazer um merge de volta do seu branch até o projeto original. Veja bem, se tudo isso que você leu só ajudou a te confundir mais – respire fundo – e siga em frente. Com exemplos tudo fica melhor.

O que é github?

O Github é um serviço web que oferece diversas funcionalidades extras aplicadas ao git. Resumindo, você poderá usar gratuitamente o github para hospedar seus projetos pessoais. Além disso, quase todos os projetos/frameworks/bibliotecas sobre desenvolvimento open source estão no github, e você pode acompanhá-los através de novas versões, contribuir informando bugs ou até mesmo enviando código e correções. Se você é desenvolvedor e ainda não tem github, você está atrasado e essa é a hora de correr atrás do prejuízo.

Instalando git

O git é um programa que pode ser instalado neste link para Windows, neste para Mac, ou então através do comando sudo apt-get install git para plataformas Linux/Debian, como o Ubuntu. Se você usa uma VM na nuvem, como o cloud9 ou koding, o git já estará disponível em sua linha de comando.

Nossa metodologia é fazer com que você aprenda git já utilizando o github, então vamos a sua configuração!

Criando a conta no GitHub

O github não possui instalação, ele é um serviço, e caso você não tenha uma conta, chegou a hora de criá-la, neste link. Após criar a conta, você verá um botão verde +New Repository na qual poderá criar um repositório de acordo com a tela a seguir.

github

Clique aqui e leia o artigo na íntegra!

Desenvolvedores insistem em códigos vulneráveis para criar softwares — Security Information News

Mesmo sabendo que alguns desses pedaços de sistemas comprometidos, programadores os utilizam em aplicações corporativas Empresas que desenvolvem software corporativos baixam, em média, mais de 200 mil componentes open source todos os anos. Um em cada 16 desses elementos vem com vulnerabilidades de segurança. O contexto afeta a qualidade. Ao analisar 25 mil aplicações corporativas, […]

via Desenvolvedores insistem em códigos vulneráveis para criar softwares — Security Information News