PayPal e Dragoneer investirão milhões no MercadoLivre

Paypal investirá US $ 750 milhões já a Dragonner aproximadamente
US $ 100 milhões.

Resultado de imagem para mercado livre

O MercadoLibre, marketplace e serviços financeiros com sede na Argentina e com 18 países em toda a região, anunciou que o PayPal está investindo US $ 750 milhões e a VC Dragoneer outros US $ 100 milhões, como parte de uma oferta de US $ 1,8 bilhão para expandir seus negócios – especificamente expandir a funcionalidade de sua plataforma de comércio eletrônico; melhorar sua infraestrutura logística; e investir em tecnologias financeiras “que solidificam ainda mais a posição da empresa como uma provedora poderosa de soluções de tecnologia financeira e pagamentos de ponta a ponta.”

O MercadoLibre é negociado na Nasdaq e atualmente tem um valor de mercado de US $ 21,75 bilhões. O investimento é tanto financeiro quanto estratégico para o MercadoLivre e o PayPal. Depois de ter ficado fora do eBay há vários anos, o PayPal tem sido uma missão para diversificar sua base de clientes para incluir uma maior variedade de casos de uso, e parcerias para os pagamentos de energia para diferentes mercados.

Em termos do outro grande investidor sendo anunciado nesta rodada, a Dragoneer é um investidor lendário e muito experiente quando se trata de oportunidades interessantes no e-commerce. A empresa possui participações em outros mercados regionais gigantes de comércio eletrônico, como o Alibaba e o Flipkart; líderes disruptivos da ‘gig economy’ como Airbnb, Uber, DoorDash e Instacart, bem como uma infinidade de outros grandes nomes de startups como Slack e Snap. Parece que o MercadoLibre é atualmente a principal aposta não só para competir com os gostos da Amazon, mas com uma gama de pequenos players locais que também buscam explorar essa economia em rápida expansão – em outras palavras, a mesma oportunidade que a SoftBank está perseguindo. a outra extremidade do campo.

Fonte: TechCrunch

Anúncios

China deve liderar pesquisas globais em IA, diz ex-diretor da Google

Imagem relacionada

Embora os EUA historicamente tenham liderado pesquisas relacionadas à inteligência artificial, esse cenário pode apresentar no momento um ponto de inflexão. De acordo com o ex-diretor da extinta Google China, o investidor em capital de risco Kai-Fu Lee, a China tem apresentado cada vez mais protagonismo em pesquisas de IA, devendo mesmo ultrapassar o concorrente ocidental em breve.

“As pessoas assumem que os EUA dominam a inteligência artificial unicamente porque são fortes nessa linha de pesquisas”, disse Lee, que é também fundador do fundo binacional (EUA e China) de investimentos em capital de risco Sinovation. “Na verdade, a China tem ganhado terreno rapidamente”, acrescentou ele em evento conduzido pelo site TechCrunch.

Segundo o investidor, a China representa atualmente o maior mercado para a inteligência artificial, mantendo também a maior base de dados para análise e desenvolvimento de novas soluções – desde projetos voltados para negócios mais tradicionais até apostas em visão computacional, reconhecimento de fala e drones. “A maior parte das companhias de maior relevância atual nessas linhas são chinesas.”

Fonte/Matéria completa em: https://canaltech.com.br/robotica/china-deve-liderar-pesquisas-globais-em-ia-diz-ex-diretor-da-google-122044/

O Bom é inimigo do Ótimo…

Você já deve ter escutado alguém dizer: o ótimo é inimigo do bom. Eu mesmo utilizei esta expressão várias vezes para lembrar que o perfeccionismo pode levar alguém a procrastinar aquilo que precisa ser feito só porque ainda não conseguiu atingir o nível de performance que estabeleceu para si. Ou pior ainda, conduzi-lo a um estado de paralisia por focar os esforços em coisas sem importância. Mas, como a vida é cheia de dilemas, num rápido jogo de palavras, também é coerente afirmar: o bom é inimigo do ótimo. Continue Lendo “O Bom é inimigo do Ótimo…”